Congelar instância de um processo

Congelar uma instância de um processo consiste em "parar" temporariamente sua execução.

Quando um processo é congelado:

  1. Ele permanece ativo, porém com status "congelado";
  2. Todas as suas atividades pendentes somem da caixa de entrada dos responsáveis e tem seus status setados para "congelado".

Ao contrário das operações de Cancelar e Excluir, após Congelar o processo pode ser descongelado e reestabelecido para pleno funcionamento.

O congelamento de um processo não implica no congelamento dos subprocessos. Essa operação deverá ser feita manualmente.

Essa funcionalidade deve ser utilizada para processos que passam por um período temporário de reavaliação

Quem pode excluir processos:

  1. Administradores do sistema (podem congelar qualquer processo);
  2. O requisitante da instância do processo que tenha configurado a permissão "Cancelar ou congelar suas próprias execuções" no controle de acesso ao processo
  3. O usuário que tenha configurado a permissão "Excluir, cancelar ou congelar todas as execuções" no controle de acesso ao processo

Para congelar uma instância de um processo, deve-se entrar primeiramente no Relatório de Detalhamento do Processo.

Na parte superior do relatório, clique no botão "Stand By" (1). Será pedida sua confirmação.